domingo, 29 de janeiro de 2012

Cobertura Summer Soul Festival 2012

Um Festival maravilhoso. É assim que posso definir, em apenas uma frase. Quem não gosta do velho Soul, não sabe o que perdeu. Tá certo que as atrações nele representadas, faziam parte de um novo Soul de uma geração moderna, cujo maioria ainda não era nascida na época em que , por exemplo, o Jackson 5 estourava, nos Estados Unidos. Na brilhante noite, 24, no Anhambi, São Paulo, fizemos cobertura excepcionalmente, do primeiro dia do festival, pelo qual foi transmitido exclusivamente pela MTV Brasil. Lembrando que o festival segue até dia 28, passando pelo Rio de Janeiro, na HSBC Arena e em Floripa.
A estrutura estava íncrivel, tanto no palco principal com um show de luzes e equipamentos que só deixaram os shows ainda melhores, como aos arredores do palco principalmente, contendo palcos alternativas como Frutaire Soul. O público já se agitava e se divertia, antes de começar definitivamente o eventos, quando finalmente, por volta das 19hrs, a primeira atração surgiu no palco: Donnie Bromfield. Uma mocinha de 15 anos, que de certa maneira está começando, guiada com certeza, por sua madrinha e também Tia, nada mais nada menos que Amy Winehouse. Muita gente não a conhecia, mas com certeza, depois de seu show ela ganhou muitos fãs, pois é uma garota muito promissora e muito talentosa, dentro do cenário do Neo-Soul Music. Sua animação e gingado, lembrou muito a finada Amy, em seus dias sóbrios, além de cantar com um estilo muito parecido de Amy. A platéia, definitivamente se contagiou com a bela Donnie, pena que seu show durou apenas 30 minutos, mas foram literalmente 30 minutos apaixonantes, porém entendemos ela apenas está começando, então seu show teve de ser curto mesmo, mas quem sabe futuralmente numa volta ao Brasil, quem sabe...
Donnie, o mais novo talento do Neo-Soul que com certeza agradou o público de São Paulo
Depois, Rox foi quem teve a missão de animar o público. E também não decepciou, seu show foi extremamente contagiante e emocionante, levando em vista que ao fim dele, a cantora não conteve as lágrimas, depois de todo o maravilhoso carinho recebido pelo público. Seu show teve a duração de mais ou menos 1 Hora.
Rox também foi bastante prestígiada na noite de shows
Se havia um show na noite tão aguardado, que não fosse do Bruno Mars, ou seja, uma espécie de show coadjuvante, com certeza foi Florence & The Machine. O público foi ao delírio, quando o espetáculo começou. Foi o show mais diferente da noite, que destacava pelo jeito Indie-Soul em que Florence canta, uma música mais comodida, sem muita animação. Confira logo abaixo o video do show completo:


Com certeza, nossa pequena Donnie, que disse que gostaria muito de conhecer a música de Sue Jorge, se amarrou no show. O cara representou e muito bem, nosso Brasil querido mostrando, que também sabemos como tocar uma boa e popular música nacional, que é o MPB. A galera adorou o show. Dava para ver muitas pessoas cantando e agitandono som, do primo do Dudu Nobre.Jorge tocou seus principais sucessos, ao longo de seus 8 álbuns, encerrando com seu maior sucesso "Burguesinha".
Seu Jorge usando todo seu carisma e talento para levantar a galera, antecedendo o show de Bruno Mars
Logo que acabou o show de Seu Jorge, garotas estéricas e alucinadas só chamavam por Petter (Bruno Mars), cujo palco foi inteiramente reestruturado, para o show do astro. Cortinas foram instaladas, luzes e toda uma estrutura que desse muito mais segurança para o ganhador de 6 Grammy's no ano de 2010, na qual havia superado até seu ídolo maior Michael Jackson. Declarações de casamento, pedidos de namoro, eram temas de garotas enloquecidas que não conseguiam conter a ansiedade de vê-lo. Não foi pra menos, foi o único show que atrassou do Festival, foram 33 minutos de atrasso. Mas quando começou, com certeza ninguém se arrependeu. O cantor muito talentoso, conatou seus grandes sucessos do seu único ábum, lançado em 2010 "Doops-Wops & Hooligans". Em um momento destinto, as garotas presentes no show começaram a cantar parte do refrão da música do Michel Teló, sucesso em todo o mundo "I if catch you" (Ai, se eu te pego, em português), Bruno ficou curioso e decidido a saber o que foi aquilo, descobrindo apresentou em seu show seguinte, no HSBC Arena, Rio de Janeiro, a própria música. Ele também usou seu show para fazer o que também tem muito talento: Imitar o Michael Jackson, então cantou extra a música "Billie Jeam". Já eram por volta de 1h30 da madruga, quando ele encerrou seu show, ao som de "Talking on the Moon". Esse Festival foi incrivel demais e tivemos o maior orgulho de transmitir, queremos agradecer aos patrocinadores e colaboradores, não temos um ano ainda, mas três eventos no curriculo. Isso nos orgulha e muito e esperamos continuar cobrindo, o que for de mais ilustre no Brasil, que não receber tanta atenção dos canais poderosos. Até mais!!!
Veja agora os videos dos melhores momentos do show de Bruno Mars, logo abaixo:

Nenhum comentário:

Postar um comentário